Onde me encaixei na profissão freelancer? [parte 2]

1367020-20bloco20de20encaixe

Continuando o post anterior.

É muito comum que as pessoas também venham me perguntar onde me encaixei na profissão. Afinal, a grande vantagem de ter feito Letras e ter andado por diversos caminhos nessa área, é que você acaba descobrindo qual é a sua paixão ou qual o lugar mais propício para você construir uma carreira que lhe dê orgulho ou talvez muita felicidade e satisfação pessoal e profissional.

Já falei em algum post sobre como não basta apenas gostar de escrever e gostar das palavras para querer ser uma redatora ou revisora freelancer, por exemplo. É preciso de mais. É preciso de comprometimento, vontade, motivação, valorização e muita esperteza para pegar trabalhos que valerão a pena. Pensando nisso, acho justo mostrar para vocês onde estou hoje e onde me encaixei!

Revisão de textos

A revisão de textos é uma atividade de outro mundo. Além de ser interessante, uma vez que você poderá estar lendo assuntos que fogem do seu cotidiano, você acaba aprendendo muitas coisas. Lembro-me quando revisei um TCC de engenharia sobre energias renováveis e a viabilidade de implementação. É tão interessante. E o mais louco é que cada um tem suas próprias características na escrita, então você descobre os vícios de linguagem, os tipos, palavras mais usadas e assim por diante. Nesse TCC eu pude entender mais sobre as energias renováveis, políticas públicas, investimentos e até gases do efeito estufa e suas consequências.

E a revisão de textos ajuda a deixar o texto muito mais limpo, claro, compreensível, legível. E esse tipo de trabalho é muito gratificante porque você é testada diariamente porque nem sempre as palavras utilizadas refletem no pensamento do autor. O uso de sinônimos, de conjunções, fazem tanta diferença que você deve ficar muito atento no que está sendo lido. É preciso de muita paciência e nenhuma pressa, porque qualquer erro pode ser fatal, literalmente.

A revisão de textos geralmente não é ghostwriter. Para um livro, o autor quer saber quem revisou e às vezes lhe pede para colocar o seu nome na folha de rosto, o que é muito legal. Por isso a necessidade de sempre revisar com atenção. Se há alguma dúvida, pesquise, pergunte, não deixe passar em branco. Já a redação freelancer é mais complexa porque na maioria das vezes passa entre muitas mãos até chegar ao cliente.

Então, sim. É na revisão de textos onde me encaixei.

Mas e a tradução e a transcrição?

O trabalho de tradução e transcrição, pelo menos na minha opinião, é mais minucioso porque você está trabalhando com outra língua. Não é que eu não gosto, pelo contrário, gosto muito, o inglês é muito importante para a minha vida. Entretanto, a revisão de textos em português permite que você conheça mais sobre a sua própria língua. E a tradução e transcrição carregam uma responsabilidade muito forte, logo, nem sempre o trabalho é “gostoso”, porque requer tempo.

Traduzir um livro é incrível, porque você dá a liberdade para outros brasileiros lerem na Língua Portuguesa. Eu gosto, muito. Mas a revisão tem um lugar mais especial no meu coração!

E o que vocês gostam de fazer? Onde vocês se encaixaram?

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s